Quem somos

O Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) é uma entidade de coordenação do ensino universitário em Portugal e integra como membros efetivos o conjunto das Universidades públicas, o ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e a Universidade Católica Portuguesa, num total de 15 instituições de ensino superior, procurando nesta medida constituir um núcleo de representatividade significativo de uma parte importante do sistema nacional de Ensino Superior.

 

A atuação do CRUP enquadra-se nos seguintes eixos de trabalho:

• Assegurar a coordenação e representação global das universidades nele representadas, sem prejuízo da autonomia de cada uma delas;

• Colaborar na formulação das políticas nacionais de educação, ciência e cultura;

• Pronunciar-se sobre os projetos legislativos que digam diretamente respeito ao ensino universitário público;

• Pronunciar-se sobre questões orçamentais do ensino universitário público;

• Contribuir para o desenvolvimento do ensino, investigação e cultura e, em geral, para a dignificação das funções da universidade e dos seus agentes, bem como para o estreitamento das ligações com organismos estrangeiros congéneres;

• Pronunciar-se sobre alterações relevantes no ensino universitário público.

Devido ao seu papel de colaboração na formulação das políticas nacionais de educação, ciência e cultura, o CRUP está representado em 38 conselhos científicos e comissões consultivas de âmbito regional e nacional, abordando temas tão vastos como o ensino superior, avaliação e acreditação, a ciência, a estatística, a saúde, o desporto, a economia e a regulação da comunicação social.

O CRUP é membro efetivo da Associação Europeia de Universidades (EUA), onde 47 países estão representados através das suas Universidades, Conselhos de Reitores e outras organizações de ensino superior e investigação. A participação portuguesa na EUA permite não apenas uma plataforma de diálogo constante para as nossas Universidades, mas também um mecanismo de intervenção na definição dos objectivos europeus de educação e de investigação, incluindo uma contribuição válida para as políticas de investigação da União Europeia.

Para além destas atividades, o CRUP tem atuado também como entidade de promoção e coordenação de diversos programas de cooperação, designados por “Ações Integradas”, que basicamente são projetos de Investigação e Desenvolvimento (I&D) orientados para estimular projetos científicos e estudos pós-graduados envolvendo equipas de investigadores e professores em instituições parceiras nomeadamente de Espanha, França e Alemanha.

Por fim, o CRUP está envolvido também na construção de novas parcerias com outras regiões do mundo, sendo crescente a cooperação com os países lusófonos, especialmente com Brasil e Timor Leste nas áreas de formação e reconhecimento de graus académicos, e com a China (Macau) nas áreas de investigação e formação avançada.