Estatísticas

ESTUDANTES INSCRITOS NO ENSINO SUPERIOR

No ano letivo 2012/2013, estavam inscritos 378.453 estudantes no ensino superior em Portugal. O número total de estudantes inscritos tem vindo a decrescer nos últimos anos, depois de ter atingido o valor mais alto de sempre no ano letivo 2010/11, onde se registaram mais de 403 mil inscritos. Apesar dessa quebra recente, o número de estudantes hoje existente simboliza uma alteração assinalável no panorama da educação em Portugal que, em meados da década de 60 tinha apenas cerca de 25.000 estudantes no ensino superior e que em 1980 tinha pouco mais de 80.000 estudantes.

O crescimento do número de inscritos permitiu a gradual qualificação da população portuguesa tendo a percentagem de população residente com um grau superior aumentado de 0.5% em 1960 (49.065 indivíduos) para 12% em 2011 (1.244.742 indivíduos) (Fonte: Pordata). Apesar disso, atualmente, apenas 17% da população portuguesa entre os 25-64 anos detém uma qualificação superior. Esse valor é menos de metade da média dos países da OCDE, onde 32% da população ativa tem um grau superior. Dentro dos países da OCDE apenas a Itália e a Turquia têm uma população com menor percentagem de diplomados (Fonte: Education at a Glance 2013).

Total de Inscritos no Ensino Superior, 1995-96 a 2012-2013

1. Ensino Superior Público

(1.1.+ 1.2.)

1.1. Universitário Público

1.2.   Politécnico Público

2. Ensino Superior Privado

3. Sub-Total (Ensino Superior)

4. Sub-Total (CET)

TOTAL (1+2+4)

1995-96

198 774

139 101

59 673

114 641

313 415

313 415

1996-97

212 726

147 349

65 377

121 399

334 125

334 125

1997-98

226 642

153 951

72 691

120 831

347 473

347 473

1998-99

238 857

158 850

80 007

117 933

356 790

356 790

1999-00

255 008

164 722

90 286

118 737

373 745

373 745

2000-01

273 530

171 735

101 795

114 173

387 703

387 703

2001-02

284 789

176 303

108 486

111 812

396 601

396 601

2002-03

290 532

178 000

112 532

110 299

400 831

400 831

2003-04

288 309

176 827

111 482

106 754

395 063

395 063

2004-05

282 273

173 897

108 376

98 664

380 937

294

381 231

2005-06

275 521

171 575

103 946

91 791

367 312

1 259

368 571

2006-07

275 321

169 449

105 872

91 408

366 729

2 253

368 982

2007-08

284 333

175 998

108 335

92 584

376 917

4 811

381 728

2008-09

282 438

175 465

106 973

90 564

373 002

5 832

378 834

2009-10

293 828

183 806

110 022

89 799

383 627

6 214

389 841

2010-11

307 978

193 106

114 872

88 290

396 268

7 177

403 445

2011-12

311 574

197 912

113 662

78 699

390 273

7 064

397 337

2012-13

303 710

197 036

106 674

67 290

371 000

7453

378 453

Fonte: DGEEC-MEC. Nota: O ensino universitário inclui instituições não integradas em universidades. O ensino politécnico inclui instituições não integradas em institutos politécnicos e unidades orgânicas de ensino politécnico integradas em universidades. Os dados relativos ao ano letivo 2013-2014 ainda não se encontram disponíveis.

DISTRIBUIÇÃO DE INSCRITOS POR UNIVERSIDADE

As universidades públicas têm dado um forte contributo para o esforço de qualificação nacional e tem vindo a aprofundar o seu peso no contexto do ensino superior, tendo visto crescer o peso percentual dos seus alunos em relação à totalidade dos inscritos, especialmente após 2010. Com efeito, o subsistema universitário viu crescer o peso percentual dos seus inscritos, tendo passado de um peso de 46% em 2007/8 para 52% em 2012/13. Se tivermos em consideração os estudantes que se encontram inscritos em unidades de ensino politécnico integradas em universidades (cerca de 9000 estudantes), o peso das universidades públicas é de 55% em 2012/13.

Inscritos por tipo de instituição, 2007-2013

Evolucao peso_susbsistemas

Fonte: DGEEC-MEC. Nota: Dados incluem CET e alunos em mobilidade internacional. Os alunos inscritos em instituições de ensino superior militar e policial foram distribuídos por “Universidades Públicas” ou “Escolas e Institutos Politécnicos Públicos” conforme o subsistema da instituição.

Inscritos nas universidades membro do CRUP em 2012/13

Universidade (membro do CRUP)

H

M

Total

Universidade de Coimbra

11 013

13 074

24 087

Universidade de Lisboa

8 678

13 465

22 143

Universidade do Porto

14 973

17 193

32 166

Universidade Técnica de Lisboa

14 763

10 811

25 574

Universidade Nova de Lisboa

9 540

9 010

18 550

Universidade de Aveiro

6 790

7 149

13 939

Universidade do Minho

8 720

9 274

17 994

Universidade de Évora

3 095

3 612

6 707

Universidade dos Açores

1 453

2 134

3 587

Universidade do Algarve

3 551

4 525

8 076

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

3 279

4 165

7 444

Universidade da Beira Interior

3 335

3 468

6 803

Universidade da Madeira

1 431

1 536

2 967

Universidade Aberta

2 912

3 414

6 326

Universidade Católica Portuguesa

4 154

6 187

10 341

ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa

4 371

4 250

8 621

Fonte: DGEEC-MEC. Nota: Dados incluem CET e alunos em mobilidade internacional. A Universidade de Lisboa e a Universidade Técnica de Lisboa figuram separadas pois a fusão das duas instituições apenas produziu efeitos estatísticos a partir do ano letivo 2013/14.

Para mais informações, consulte este link: http://www.dgeec.mec.pt/